quarta-feira, 9 de abril de 2014

O Dia das Mães



O Dia Das Mães: A antiga civilização grega já celebrava a maternidade homenageando a Deusa Reia, a mãe de todos os deuses, segundo a mitologia grega.

Muitos anos depois, no século 16, a Inglaterra passou a comemorar o chamado "Domingo da maternidade" no quarto domingo da Quaresma. Tal data era dedicada em especial para as mães de operários ingleses, que devido à crise que assolava o país passavam muito tempo longe de suas famílias, a trabalho. Nesse dia, as trabalhadoras tinham  folga  para  ficar  em  casa com as mães. Era chamado de "Mothering Day", fato que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.

Nos Estados Unidos, Anna Jarvis foi a idealizadora do feriado. Seu intuito era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais. Em 1907 ela, juntamente com vários amigos, começou uma campanha para instituir o Dia Nacional das Mães. Ela conseguiu que a  cidade  de  Grafton, na Filadélfia,  na qual  residia, celebrasse o Dia das Mães no segundo aniversário da morte de sua própria mãe, Anna Reese Jarvis.

No ano seguinte, a comemoração se espalhou por toda a Filadélfia. A sociedade então, se mobilizou para tentar instaurar a data nacionalmente. Em 1914, o presidente Woodrow Wilson  fez  um  comunicado  oficial,  proclamando  o Dia das Mães  como  feriado nacional, a ser celebrado sempre no segundo domingo de maio.

O primeiro Dia das Mães brasileiro foi promovido pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, no dia 12 de maio de 1918. No Brasil, o Dia das Mães é celebrado no segundo  domingo  de  maio,  conforme  decreto  assinado  em  1932 pelo, então presidente, Getúlio Vargas. 


Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica. O cravo, a flor  favorita  da  mãe  de  Anna Jarvis, tornou-se o símbolo das mães, após ter sido usado na celebração de 1907 em Grafton.

O objetivo do Dia das Mães, inicialmente, era fazer as pessoas refletirem na importância das mães, celebrar esse amor, essa doação. Porém com o avanço do capitalismo, o dia das mães cada vez mais se torna uma data comercial. Comemoremos essa data com  amor,  festejando  nossas  mães, que dão um toque especial em tudo o que fazem, que nos apoiam, nos protegem, nos amparam e nos amam.



Nenhum comentário:

Postar um comentário