sexta-feira, 18 de abril de 2014

Ser cidadão é. . .


é ser vigiado, 
inspecionado, 
dirigido, 
regulamentado,
doutrinado, 
encurralado, 
aconselhado, 
controlado, 
avaliado, 
apreendido, 
censurado
e mandado por quem não possui competência
e carece de autoridade moral, 
merecimentos intelectuais, 
atributos de virtude 
ou conhecimento responsável.

Ser cidadão...

Ser governado, 
hoje, é ter todos os seus atos, transações e movimentos anotados, 
registrados, 
cartorizados, 
contados, 
classificados, 
estampados, 
medidos, 
numerados, 
tributados, 
licenciados, 
recusados, 
autorizados, 
endossados, 
criticados, 
impedidos, 
reformados, 
emendados, 
corrigidos. 
O cidadão atualmente vive sob o seguinte princípio:
Se fizermos uma coisa errada, seremos multados. 
Se fizermos certa, seremos taxados.





Nenhum comentário:

Postar um comentário