quinta-feira, 1 de maio de 2014

As Histórias que a História não contou

          


Eva, acho melhor você ajuntar as nossas coisas. Depois daquela maçã de ontem, estou com um mau pressentimento.

Adão.

Noé, fez boa viagem? A arca está atrasada quarenta dias e o pessoal do estaleiro mandou avisar que ainda demora mais duas semanas.  Os animais vão bem, o problema é que o casal de coelhos já são 324 agora.

Sua esposa.

Moisés, depois daquela tempestade de ontem, minha terrinha está alagada e as ovelhas ficaram ilhadas. Vê se dá um pulinho aqui mais tarde e abre as águas pra mim, pra eu passar com o rebanho. Obrigado.

Um amigo

Davi, vou te encher de porrada!

Golias.

José, eu juro que foi o Senhor.

Maria.

João Batista, Salomé anda uma fera com você. Vê se maneira um pouco nos comentários. Fica mais calmo, ok? Não vá perder a cabeça.

Sua mãe.

Rabi, Lázaro está muito chateado com o senhor. Desde que foi ressuscitado, colocaram nele o apelido de gambazinho, porque o cheiro de defunto não sai. Vê se faz outro milagre e quebra o galho dele, coitado.

Thiago.

Salim, fui a um casamento ontem e conheci um camarada que transforma água em vinho. Se nós conseguirmos convencê-lo a montar uma distribuidora com a gente, estamos ricos!

Jacob.

Ordenança, ouvi dizer que tem um Galileu espalhando por aí que consegue reconstruir o templo em três dias. Dá uma olhadinha para mim e, se for verdade, convida o rapaz pra trabalhar de pedreiro para gente.

Caifás.

Prezado Pilatos, já realizei o trabalho e até o momento não recebi o pagamento. Preciso sair de Jerusalém e não tenho dinheiro nem pra comprar um jumentinho. Vê se adianta pelo menos umas dez moedas.

Judas.

Pedro, não posso falar com você agora, pois estou a caminho do Gólgota. Assim que eu ressuscitar, a gente conversa.

Jesus.

Joana D´Arc, pare de ficar dizendo “Eu sou uma brasa, mora!”

Mamãe.

Santos Dumont, você vive com a cabeça nas nuvens!

Papai.

Lula, pare de brincar com canivete afiado, você poderá cortar um dedo!...

Titio.



Nenhum comentário:

Postar um comentário