segunda-feira, 28 de julho de 2014

Ponte de Pedra

A ponte de pedra, que foi conservada no Largo dos Açorianos, constitui testemunho importante de uma época da história de Porto Alegre, quando o riacho (atual arroio Dilúvio) ali passava. A ponte foi mandada construir pelo Conde Caxias, em 01/03/1846. A ponte começou a ser utilizada em março de 1848. Um século mais tarde, a obra ficou ociosa em virtude da canalização do riacho; não obstante, sabiamente, a municipalidade preservou a ponte, sobre um espelho de água.

Transformada em monumento urbano e testemunha do passado, o monumento de pedra foi tombado pelo município em 1979 e ganhou um espelho d'água sob os seus três pilares em arco, embora o nível da água tenha sido estabelecido bastante alto, acima dos seus pilares que usualmente ficavam à vista. Seu aspecto atual é o mesmo quando sob uma condição de enchente.

Temos, abaixo, três gravuras de  três artistas gaúchos: Libindo Ferras, 1929; Xico, sobre uma foto antiga, e a última não há registro do nome do artista.









Nenhum comentário:

Postar um comentário