quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Decálogo espiritual




01 – Todas as coisas e todos os seres da natureza são apenas formas múltiplas da energia universal.

02 – A energia universal irradia-se constantemente pelos espaços infinitos. A energia é terna, suas formas são transitórias.

03 – Sendo infinitos os espaços, consequentemente não têm forma.

04 – O tempo é apenas um movimento padrão que serve para medir a duração dos demais movimentos.

05 – A natureza é toda vida, portanto não existe nada morto – sem movimento – no universo.

06 – As desagregações são, pois, reações que nos próprios processos de decomposição criam novas formas de vida.

07 – O ser humano – como tudo mais – é um produto ou subproduto das forças eternas da natureza.

08 – A inteligência é certo tipo de energia em condições de compreender e aperfeiçoar certos fenômenos.

09 – Tudo o que acontece é resultado das causas circunstanciais. A nossa vontade, por exemplo, é um efeito dos nossos impulsos e passa ser causa depois de atravessar o filtro do raciocínio.

10 – Deus é o espírito vivo das Leis que regem o universo.




(Textos do Almanaque do Correio do Povo – 1964)





Nenhum comentário:

Postar um comentário