domingo, 5 de outubro de 2014

Uma Fábula de James Thurber


A menina e o lobo


Certa tarde, um lobo grande encontrou na floresta uma menina que transportava um cesto de comida. “É para a tua avó, essa comida?”, perguntou o lobo. A menina disse que sim. Então, o lobo perguntou-lhe onde morava a avô e, depois de informado, desapareceu na floresta.

Mais tarde, ao chegar ao seu destino, a menina viu que alguém se encontrava na cama da avó, com uma touca e uma camisa de dormir.

Mal tinha fechado a porta, percebeu que era o lobo e não a avozinha que estava na cama, porque, mesmo de touca, um lobo parece-se tanto como uma avó como um leão da Metro-Goldwyn-Mayer se parece com Mussolini. Sem dizer água vai, a menina do capuchinho sacou de uma automática da sacola e atirou fogo sobre o lobo.

Moral da história:

Hoje não é fácil enganar uma menina como outrora.


James Grover Thurber, (8 de dezembro de 1894 - 2 de novembro de 1961), foi um humorista e cartunista americano. Thurber foi especialmente conhecido pelas suas contribuições (cartuns e pequenas histórias) para a revista The New Yorker


Nenhum comentário:

Postar um comentário