domingo, 5 de outubro de 2014

Filosofias brasileiras de humor



“Se um cara feio e pobre bate na mulher, é Maria da Penha; mas se for rico e bonito é 50 Tons de Cinza.”

“Como ser feliz em dois passos: dê dois passos até a cama e durma.”

“Vontade de ir a Paris igual ao ano passado. Ano passado eu também tive vontade, mas também não fui.”

“É tanta falsidade que, às vezes, me sinto no Paraguai.”

“Filha, se o Fábio Júnior canta a música “Alma Gêmea” e tem sete divórcios... como você ainda acredita no amor?”

“O que adianta acordar com pé direito se o coração está no lado esquerdo!”

“Você cria o cabelo com todo amor e carinho, para depois ele crescer, ficar rebelde e sai por aí armado.”


Quando um homem deve usar brinco


Um homem observou que o seu amigo, muito conservador, superfechado, pessoa reconhecidamente séria, estava usando um vistoso brinco.
- Não sabia que você gostava desse tipo de coisa, comentou.
- Não é nada de especial, é só um brinco, um objeto de adorno - replicou o amigo.
- Há quanto tempo você o usa?
- Desde a semana passada, quando a minha mulher o encontrou no meu carro e eu disse que era meu...


O banco da praça está sempre ocupada por desocupados.

O relógio é que é feliz: qualquer mulher lhe dá corda.

Pão, quanto mais quente, mais fresco.

A promissória é uma questão “de...vida”. O pagamento é de morte.

Aquele senhor meteu as contas na geladeira para congelar os preços.



Lei da Não-Contradição

Um rabino está a conduzir um julgamento na sua aldeia. Samuel levanta-se e apresenta o seu caso dizendo:
- Rabino, todo o dia Isaac atravessa as minhas terras com os carneiros dele e está estragando a minha plantação. A terra é minha! Não é justo!
O Rabino diz:
- Você está certo.
 Mas de seguida Isaac levanta-se e diz:
- Rabino, o único caminho para os meus carneiros beberem água na lagoa é pelas terras dele. Sem água, os carneiros morrem. Há séculos, todo o pastor tem o direito de atravessar as terras em torno da lagoa, de forma que eu também posso.
O Rabino diz:
- Você está certo.
A empregada de limpeza, ao ouvir isto, levanta-se e diz:
- Mas, Rabino, não dá para os dois estarem certos!
O Rabino responde:
- Você está certa!

Metapiadas

Um fanho, um anão e um papagaio entram num bar. O barman olha para eles e exclama:
- O que é isto? Uma piada?



Um homem ganha 100.000 Dólares em Las Vegas e, como não quer que ninguém saiba, leva o dinheiro num saco para casa e enterra-o no quintal. Na manhã seguinte, ele sai e encontra um buraco vazio. Depois repara em pegadas que levam à casa do seu vizinho surdo-mudo. Pede então ao professor que mora mais adiante, e conhece a linguagem de sinais, que o ajude a confrontar o vizinho. Pega então numa a arma e, acompanhado do professor, bate à porta do surdo-mudo. Quando este atende, ele mostra o revolver e diz para o professor:
- Diga-lhe que, se ele não me devolver o dinheiro, vai morrer hoje por esta pistola.
O professor passa a mensagem ao vizinho que, vendo que foi descoberto, confessa que o dinheiro está no seu próprio quintal, debaixo da cerejeira. O professor vira-se para o jogador e diz:
- Ele recusa-se a falar. Diz que prefere morrer!



A Srª Parker é convidada a fazer parte de um júri, mas pede para ser dispensada porque não acredita na pena capital. Contudo, o defensor público argumenta:
- Mas, minha senhora, não se trata de um julgamento de um assassinato. É um caso de Direito Civil. Uma mulher está a processar o seu marido porque ele perdeu numa aposta os 25.000 Dólares que tinha prometido gastar na reforma do banheiro quando do aniversário dela.
- Tudo bem, eu vou. Acho que eu estava errada em ser contra a pena capital…



Um turista no Museu de História Natural, em Portugal, deslumbrado com os esqueletos de dinossauros, pergunta a um guarda:
- Sabe-me dizer que idade tem estes ossos?
- Têm 3.000.00 milhões, mais  4 anos e 6 meses.
- É um número extremamente exato. Como consegue tanta precisão?
- Bem, os ossos de dinossauros tinham 3 milhões de anos quando comecei a trabalhar aqui.



Um serviço de emergência Americano recebe uma chamada de um caçador em pânico:
- Acabo de encontrar um corpo manchado de sangue na floresta. É um homem e acho que está morto. O que devo fazer?
- Vai ficar tudo bem, senhor. Acalme-se e siga apenas as minhas instruções. A primeira coisa a fazer é pousar o telefone e certificar-se de que ele está mesmo morto.
Segue-se um silêncio, seguido do som de um tiro.
- Tudo bem. E agora, o que eu faço?



Todas as manhãs, uma velhota portuguesa vai à varanda e grita:
- Que esta casa esteja a salvo dos tigres!
Um dia, diz uma vizinha:
- Que história é essa? Não há tigre nenhum a quilômetros e quilômetros daqui!
Ao que ela responde triunfante:
- Está a ver como funciona!


O pai caipira fala para o filho, também caipira:
Fio! Põe a sela no cavalo véio pra eu!
Ah, pai… Mas por que ocê vai com o cavalo véio?
É que eu acho que nóis tem que gastá as coisa véia primeiro!
- Intão porque o senhor não vai a pé?



- Joãozinho, me diga sinceramente, você ora antes de cada refeição?
- Não, professora, não preciso... A minha mãe é uma boa cozinheira.




Nenhum comentário:

Postar um comentário