quinta-feira, 23 de outubro de 2014

O pensamento de Paulo Freire


          Paulo Reglus Freire nasceu em Recife, PE, em 19 de setembro de 1921 e faleceu em São Paulo, no dia 2 de maio de 1997. É um dos maiores educadores brasileiros.



A Escola


“Escola é...
o lugar de onde se faz amigos
não se trata só de prédios, sala, quadros,
programas, horários, conceitos...
Escola é, sobretudo, gente,
gente que trabalha, que estuda,
que se alegra, se conhece, se estima.
O diretor é gente,
o coordenador é gente, o professor é gente,
o aluno é gente,
cada funcionário é gente.
E a escola será cada vez melhor
na medida em que cada um
se comporte como colega, amigo, irmão.
Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”.
Nada de conviver com as pessoas e depois descobrir
que não tem amizade a ninguém.
Nada de ser como o tijolo que forma a parede,
indiferente, frio, só.
Importante na escola não é só estudar,
não é só trabalhar,
é também criar laços de amizade,
é criar ambiente de camaradagem,
é conviver, é se “amarrar nela”!
Ora, é lógico...
Que numa escola assim vai ser fácil
estudar, trabalhar, crescer,
fazer amigos, educar-se,
e ser feliz.”


§ § §

Profetas



“Os profetas não são homens ou mulheres desarrumados,
 desengonçados, barbudos, cabeludos, sujos,
 metidos em roupas andrajosas e pegando cajados.
Os profetas são aqueles ou aquelas que se molham
de tal forma nas águas da sua cultura e da sua história,
da cultura e da história de seu povo, que conhecem
o seu pai e o seu agora e, por isso, podem prever
o amanhã que eles mais do que adivinham, realizam...

Eu diria aos educadores e educadoras:
ai daqueles e daquelas que pararem com a sua
capacidade de sonhar, de inventar a sua coragem,
de denunciar e anunciar.
Ai daquelas e daquelas que em lugar de visitar
de vez em quando o amanhã, o futuro,
pelo profundo engajamento com o hoje,
com o aqui e com o agora, se atrelam
a um passado de exploração e rotina.

§ § §


“Eu gostaria de ser lembrado como alguém que amou o mundo,
as pessoas, os bichos, as árvores, a terra, a vida.”

(Paulo Freire)






Nenhum comentário:

Postar um comentário