quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Merda pra você!

Origem da expressão



Quem é do meio artístico sabe. Principalmente se você for um ator entusiasmado, esperando reconhecimento. A expressão merda tem sido utilizada durante anos por atores, como uma espécie de mantra, utilizada antes de suas apresentações teatrais que simplesmente significa: Boa Sorte! (Imagina como se diz: “Deus te abeçoe!”). Enfim, a expressão existe e para sua origem eu conheço pelo menos três teorias:

1. A primeira, eu conheci nos palcos mesmo: Segundo a minha trupe de atores dos tempos de colégio, a expressão teve origem na Grécia Antiga. Segundo eles, naquela época os atores se apresentavam em anfiteatros e suas peças, por serem bem críticas, afetavam os políticos daquela época ou alguma classe daquela sociedade. Enfim, estes não gostando das críticas representadas naquele fenômeno que era o teatro, atiravam merda nos atores. Por ironia do destino, os atores não ficavam por baixo com isso, porque quanto mais merda era atirada neles significava que mais repercussão teria o espetáculo. Afinal, eles tinham conseguido seu objetivo. Eles estavam lá era pra incomodar mesmo!

2. A segunda, eu soube de um amigo, que também é ator, que disse ter saído da boca do Jô Soares. Ele disse que o gordinho beijoqueiro explicou a origem da expressão da seguinte maneira: ela teria surgido na França pelo fato daquela sociedade ter o costume de frequentar o teatro indo a este por meio de carruagens, “geralmente” tracionada por cavalos. Os bichinhos, naturalmente, expeliam seus dejetos (cagavam mesmo!) e seus donos lesados distraídos pisavam nos cocozinhos. O resultado era um “teatrê cagadê”. Mas os atores utilizavam isso como estatística, quanto mais merda mais gente tinha ido ao espetáculo. O fato é que se o faxineiro não tivesse limpado o teatro antes do espetáculo começar os atores teriam, literalmente, uma estatística de merda.

3. A última é meio que um conto de fadas. Reza a lenda que um ator iria apresentar a peça mais importante de toda sua vida naquele dia, muitos críticos estariam lá para avaliá-lo. O suposto ator sortudo, indo para o teatro, deparou-se com vários obstáculos, passando por um incêndio que o deixou perdido e culminando com um pequeno toletito de mierda, que o sortudão francês não esqueceu de deixar de pisar. Ao subir no palco, a divina criatura, candidata a ganhador da Mega Sena dos dias atuais, fez simplesmente a melhor peça de sua abençoada vida. Desde então, por causa do maior azarão, ao mesmo tempo sortudo, de toda a humanidade, continuamos reproduzindo afetuosamente a expressão “Merda pra você!”, antes de subirmos ao palco para agradar a vocês, espectadores. Pois, sem vocês, o fenômeno conhecido como teatro não aconteceria porque vocês são ingredientes tão fundamentais quanto nós, humildes atores. Essa é a lenda.

Só me fica uma questão na cabeça: se a história é de fato verdade, por que dizemos “Muita merda pra você!” ao invés de dizer “Que sua casa pegue fogo, que você se perca, e que depois de tudo isso que você pise no cocô, seu merda! E ai de você se não fizer uma boa apresentação depois de eu ter falado tudo isso.”

Do site: Olho de Águia


Nenhum comentário:

Postar um comentário