quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Historinha dos municípios gaúchos


Foi no dia Três de Maio, quando Dois Irmãos conheceram Três Coroas. O mais novo se chamava Júlio de Castilhos, também conhecido como Capitão. O outro era Carlos Barbosa, fanático pelo Colorado. Havia ainda o avô Getúlio Vargas, um velho cheio de Triunfo. Quanto a elas, uma era Serafina Correa, irradiando Alegria; a outra, Constantina, colecionadora de Esmeralda, e, a terceira, Dona Francisca, uma tia ainda Joia. Tudo parecia Encantado. Meses depois, no dia Sete de Setembro, em meio a um Mato Castelhano, atrás de uma Igrejinha, conhecida pela Cruz Alta e pelo seu Sobradinho, perto de uma Lagoa Vermelha, apesar do insistente Não Me Toque e vai com calma, Nonoai, deram Humaitá e até ficaram Condor. Mas tudo em Segredo. A noite era de Estrela, como uma bola de Cristal. Amanheceram no Travesseiro e, graças ao Bom Jesus e ao Santo Cristo, o final foi Feliz.



(Do Almanaque Gaúcho – O Livro – RBS Publicações)


* As palavras em itálico coloridas, para quem não conhece o Rio Grande do Sul, são nomes de municípios gaúchos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário