quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Humor de Bernard Shaw




Quando um homem quer matar um tigre, chama isso desporto;
quando é o tigre que quer matá-lo, chama a isso ferocidade.
A distinção entre crime e justiça não é muito grande.”


Conta-se que antes do primeiro espetáculo de Pigmaleão, Shaw mandou uma carta para o então Primeiro-Ministro do Reino Unido naquele período, o muitíssimo conhecido Sir Winston Churchill. A carta estava escrita do seguinte modo:

Ao ilustríssimo Primeiro-Ministro, Sir Winston Churchill, peço que compareça ao primeiro espetáculo de minha peça Pigmaleão. Traga um amigo, se tiver.”

Ao que parece, Churchill viu uma "certa" insinuação em tal carta e, muito bem-humorado, como de costume, mandou outra, escrita da seguinte forma:

Ao ilustríssimo dramaturgo, digo que, infelizmente, não poderei assistir ao primeiro espetáculo de sua peça, Pigmaleão. Assistirei ao segundo, se tiver.”

*****

Bernard Shaw também tinha grande amizade com o escritor e filósofo britânico Gilbert Keith Chesterton (1874-1936), com o qual continuamente trocava ideias e "ofensas humoradas": Chesterton era gordo, e isso servia para piadas de Shaw; em contrapartida, Shaw era muito magro, o que rendia piadas de Chesterton. Certo dia, eles foram até um bairro muito pobre e Chesterton, horrorizado por ver aquela pobreza, disse a Shaw:

 Como as pessoas passam fome aqui!

Shaw, olhando para a barriga de Chesterton, respondeu:

 Eu até já sei por quê...

*****

Em outra ocasião, numa discussão, Shaw, um tanto nervoso, disse a Chesterton:

 Você deveria se enforcar!

Chesterton, então, respondeu:

 Eu usaria você como corda!

Frases de Bernard Shaw

“Cabe à mulher casar-se o mais cedo possível, e ao homem ficar solteiro o mais tempo que pode.”

“Quanto mais coisas envergonharem um homem mais respeitável ele é.”

“Democracia é uma forma de governo que substitui a nomeação de alguns corruptos pela eleição de muitos incompetentes.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário