quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Tetras religiosas



Quatro pontos têm minha religião,
faço deles a minha filosofia
e faço deles a minha ação.
Viva, creia, ame e faça,
essa também é a minha oração.

Viva sua filosofia,
ame a sua arte,
creia na sua religião
e faça a sua parte.

Mas não use sua religião
pra tentar reprimir o outro,
somos sete bilhões de mentes no mundo
e querer que todo mundo creia na mesma coisa
é, no mínimo, papo de louco.

Eu respeito todos que têm fé,
eu respeito todos que não a têm.
Eu respeito que crê num Deus,
eu respeito que não crê em ninguém.

Eu gosto de quem tem fé no verso,
eu gosto de quem tem fé em si mesmo.
Eu gosto de quem tem fé no universo,
e eu gosto dos que andam a esmo.

Um abraço para quem é da ciência,
um abraço para quem é de Deus.
Um abraço pra quem é da arte,
e um abraço para os que são ateus.

Axé pra quem é de axé,
amém pra quem é de amém.
Blessed be pra quem é de magia,
e amor pra quem é do bem.

Intolerância religiosa
é a própria contradição.
Religião vem do latim religare,
que significa união.

Então, pare de dividir o mundo
entre os que vão
e os que não vão para o paraíso.
O nosso mundo está doente em tudo,
enquanto nós perdemos tempo brigando por isso.

Ao invés de dividir as religiões,
entre as que são do mal e as que são do bem,
que tal botar sua ideologia no bolso e ajudar aquele moço,
que de frio morre na rua desamparado e sem ninguém.

Os grandes mestres já disseram que precisamos de união,
Então, por que não fazer do respeito também uma religião?

Mariana Souza – 20 anos - artesã*


P.S. O vídeo da leitura desse texto está na Internet recitado pela própria autora do poema, com o título de: “Tudo começa pelo respeito”.

Vale a pena escutá-lo acompanhando a leitura dele, que está transcrito acima.

Dados sobre a autora

Mariana Souza, de São Paulo, que também assina como Souza Anamari, tem 20 anos, é artesã, e está rodando o mundo da internet com um poema sobre intolerância religiosa capaz de encher de emoção o coração de qualquer um. Anamari afirma já ter sofrido preconceito religioso e foi uma situação assim que serviu de inspiração para o poema: “Tudo começa pelo respeito”.



3 comentários:

  1. Olá, Mariana, dar um show de reflexão para parar qualquer ser humano.
    Muito enriquecedor.

    Tô muito comovido com o texto que foi veiculado na tv.
    Sensacional.
    Nilo vc faz muito bem apoiar essa brilhante ideia.
    Jarbas (tourinho.bisbis@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  2. A menina merece. Ela talentosa, bonita e sabe expor muito bem as ideias. Vamos divulgar a sua poesia que, através deste almanaque, está sendo lida em todo o mundo.

    ResponderExcluir
  3. Espetacular essa garota! Alma leve! Espírito adiantado! Desprovida de pré conceitos! Parabéns garotinha!

    ResponderExcluir