terça-feira, 8 de novembro de 2016

A história da capelinha


Capela do Bairro Ipanema, em 1937, Porto Alegre-RS,

Pintura de Carlos R. Rosa


Transcorria o ano de 1931 quando o engenheiro Oswaldo Coufal comprou uma gleba de terras às margens do rio Guaíba. Por decisão da senhora Déa Cezar Coufal, dois lotes centrais foram destinados à construção de uma capela dedicada à Nossa Senhora Aparecida. Em 19 de janeiro de 1936, iniciava a construção. A celebração da primeira missa ocorreu em 3 de janeiro de 1937.

Com o passar do tempo, a capela teve que ser demolida e, na sequência, foi construído um prédio novo – a atual Igreja Matriz. “Um projeto moderno e bastante arrojado para a época”, observa o presbítero.

Conforme o pároco, com o crescimento do número de devotos, tornou-se necessário a elevação do templo à categoria de Santuário.

Hoje, o Santuário conta com dezenas de pastorais que trabalham a dimensão espiritual, caritativa e educacional de crianças, bem como doações de cestas básicas para famílias carentes, uma creche que atende 100 crianças da comunidade em turno integral e o prédio onde funciona o posto de saúde do bairro. 


Atual Igreja Nossa Senhora Aparecida – foto de Eugênio Hansen


Nenhum comentário:

Postar um comentário