sexta-feira, 11 de novembro de 2016

PRK-30 - Noticiários




“Notícias de Matusalém informam que dona Páscoa de Tal, depois de retirar as cinzas do marido, que estavam no cemitério da baixada do Sossego, comprou ramos de flores e ia para casa quando escorregou numa casca de banana, caiu e quebrou duas das pernas. O fato de dona Páscoa, carregada de cinzas e de ramos, ter caído de uma só vez causou grande estranheza, pois que nunca se tinha visto até agora Páscoa, cinzas e ramos caírem no mesmo dia.”

“Da Espanha. O conhecido médico espanhol Dr. Júlio de las Caimbras acaba de descobrir que a insônia é provocada na maior parte das vezes pelo ronco da própria pessoa que está dormindo. Disse ele que toda pessoa que ronca de noite deve dormir num quarto pegado ao seu para não ouvir o seu próprio ronco.”

“Santiago do Chile. A Liga Chilena de Futebol resolveu que, a partir do mês passado em diante, não só a bola deve ser pintada de branco como, para facilitar a atuação do juiz, também devem ser pintados de branco todos os jogadores de cor preta.”

“No luxuoso teatro Recreio das Pulgas, foi levada ontem à cena uma peça francesa. A estrela, Uai de Azevedo, apesar de não saber pronunciar os ‘r’, saiu-se muito bem no seu papel, procurando com habilidade não dizer as palavras que tinham ‘r’, substituindo-as por outras sem a referida vogal. Assim, numa frase em que tinha que tinha que dizer ‘Meu irmão Roberto partiu para Roma’, disse – aliás, com muito desembaraço: ‘Meu cunhado Santiago viajou a Constantinopla.”

“Casamento. Era para ser realizado ontem o enlace matrimonial da gentil e prendada senhorita dona Epaminondas Barbarada de Moraes com o senhor Cisne Imundo Palmivres. Porém, como o noivo fugiu na véspera para o Acre, a pranteada noiva previne seus amigos e fregueses que seu casamento fica transferido sine die até que ela consiga arranjar outra vítima.”

“Velha York. O senhor John Karkalos, diretor da Estrada de Ferro Tartarugue Company, considerando que, nos desastres verificados ultimamente nessa ferrovia, os últimos vagões são os que mais prejuízos têm sofrido, ordenou que daqui por diante todos os trens façam suas viagens sem o último vagão.”

“Áustria meridional Chinesa. O Grande engenheiro senegalês Sornegrande Nabucodonosor acaba de inventar um novo tipo de fortaleza-voadora considerada uma verdadeira maravilha. A primeira experiência, realizada ontem, foi coroada de êxito. Posta em movimento a hélice da possante fortaleza, tudo funcionou às mil maravilhas. Apenas uma pequena lacuna foi notada: o aparelho, apesar de ter quatro asas – três de um lado e duas do outro – não conseguiu levantar voo. Atribui-se esse pequenino detalhe ao fato do engenheiro ter construído o alicerce da fortaleza-voadora de cimento armado e enterrado no solo. Diz ele que de outro jeito não seria fortaleza.”

(Do livro “No ar PRK-30 –
o mais famoso programa humorístico da era do Rádio
de Paulo Perdigão – Casa da Palavra)


Nenhum comentário:

Postar um comentário