quinta-feira, 9 de março de 2017

Legado de Uma Criança Adotiva





Havia duas mulheres que não se conheciam.
De uma você não se lembra; a outra você chama de Mãe.

Duas vidas diferentes planejadas para fazer você ser gente.
Uma tornou-se sua estrela-guia; a outra tornou-se seu sol.

A primeira lhe deu a vida; a segunda o ensinou a vivê-la.
A primeira lhe mostrou a necessidade de ser amada;
a segunda lhe deu amor.

Uma lhe deu uma nacionalidade; a outra lhe deu um nome.
Uma lhe deu a semente do talento; a outra lhe deu um objetivo.

Uma lhe deu emoções; a outra acalmou seus temores.
Uma o viu sorrir pela primeira vez; a outra enxugou suas lágrimas.

Uma procurou um lar para você, porque não tinha condições de lhe oferecer esse lar; a outra orou para ter um filho, e sua esperança não lhe foi negada.

E agora você me faz, entre lágrimas, aquela antiga pergunta que tem atravessado os séculos: Hereditariedade ou ambiente – De qual deles você é produto?

De nenhum deles, minha querida – de nenhum.
São dois tipos diferentes de amor



(Autor desconhecido)


(Do livro “Histórias para o coração 2”, Alice Gray – organizadora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário