quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Frases de Tim Maia



Tim Maia por Edra

01. Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme e traficante se vicia.

02. Dizem que maconha vicia. Eu acho que é mentira. Tem um amigo meu que fuma há 25 anos e até hoje não é viciado.

03. Eu não aguento mais a imprensa, ela está mais preta do que marrom. Todo jornalista gostaria de ser artista, todo redator é aquele que não conseguiu ser escritor e todo mundo quer ser cantor.

04. Que beleza, Tim Maia pelo preço de uma grama! (referindo-se ao preço do ingresso para um show seu).

05. Não saio com mulheres famosas, pois não pago acima da tabela.

06. Se não fosse obrigado, não andaria de jeito nenhum de avião. Antigamente eu tomava uns goles para enfrentar. Teve voo em que, se deixassem, eu até pilotava o avião.

07. Eu poderia ser ministro da Cultura e não esses que andam por aí. Sou um músico que conhece a realidade. Eu já comi churrasquinho de gato, tomando ácido com ki-suco.

08. O FHC seria um ótimo ministro das Comunicações, da Educação. Mas não tem experiência física nem psicológica nem espiritual para ser presidente.

09. Eu sou o bispo Tim Maia e tenho meus adeptos: chamo os doidões para o Circo Voador e faço o meu show.

10. Eu não fumo, não bebo e não cheiro. Meu único defeito é que eu minto um pouco. 

11. Todo brasileiro deveria ter acesso a lagostas grelhadas. 

12. Quando me sinto solitário, contrato prostitutas para passar a noite e nem toco nelas. 

13. Com duas garrafas de uísque canto até de manhã. 

14. Michael Jackson é um corruptor de menores sem-vergonha. 

15. Maconha não chega a ser nem um entorpecente, é um estupefaciente. 

16. Tudo é tudo e nada é nada. 

17. O Brasil é uma terra de mestiço pirado querendo ser puro-sangue. 

18. Passou de branco, preto é. Não existe este negócio de mulato. Mulato pra mim é cor de mula.

19. Gosto de cantar com sentimentos. Se você não transmitir sentimento, não atinge ninguém.

20. Os meus cachorros são os meus melhores amigos. 

21.As pessoas costumam dizer: 'O Tim Maia reclama pra cacete', mas alguém tem de reclamar.

22. Fiz uma dieta rigorosa, cortei álcool, gorduras e açúcar. Em duas semanas perdi 14 dias.

23. Se eu pudesse, só cantava. Quando eu paro de cantar, faço besteira.

24. Dos artistas do Rio, metade é preto que acha que é intelectual e metade é intelectual que acha que é preto.

25. Com os acordes que tem em uma música do Tom Jobim dá pra fazer umas cinquenta letras de músicas.

26. A diferença entre eu e o Dicró é que no meu show todo mundo vai e eu não vou; no dele, ele vai, mas não vai ninguém.

27. O segredo do meu sucesso é o equilíbrio: metade das minhas músicas é esquenta-sovaco e a outra metade é mela-cueca.

28. O problema do gordo é que quando ele beija, não penetra. E quando penetra, não beija.

29. Porra, mermão, já começou? Até na casa do governador o som é uma merda?

30. Gostaria de subir em luz.*

*E no dia 15 de marco de 1998, ele subiu em luz...


Sebastião Rodrigues Maia “TimMaia” (Rio de Janeiro, 28 de setembro de 1942Niterói, 15 de março de 1998), foi um cantor, compositor, maestro, produtor musical, instrumentista e empresário brasileiro,  responsável pela introdução do estilo soul na música popular brasileira e reconhecido como um dos maiores ícones da música no Brasil. Suas músicas eram marcadas pela rouquidão de sua voz, sempre grave e carregada, conquistando grande vendagem e consagrando muitos sucessos. Nasceu e cresceu na cidade do Rio de Janeiro, onde, durante a juventude, conviveu com Jorge Ben Jor e Erasmo Carlos. Em 1957, fundou o grupo The Sputniks, no qual cantou junto a Roberto Carlos. Em 1959, emigrou para os Estados Unidos, onde teve seus primeiros contatos com o soul, vindo a ser preso e deportado por roubo e porte de drogas.

Um comentário: