domingo, 19 de agosto de 2018

Sê brasileiro

Harp Horta, jornalista e poeta


Se perguntarem, filho, onde
É a terra de teu amor.
Cheio de orgulho, responde:
- Sou brasileiro, senhor.

Não digas – Sou sergipano,
Não digas – Sou carioca,
Sou paulista ou sou mineiro,
Pois será mais soberano,
Dizendo: - Sou brasileiro!          

Mais que paulistas, mineiros,
Devemos fazer questão
De ser todos brasileiros
De nascença e coração.

Desfraldemos contra o engodo:
Separatismo o estandarte,
Pois é melhor ter-se o todo
Que, apenas, dele parte.

É justo amar-se o recanto
Que nos viu nascer e andar:
A pátria deve, no entanto,
Ter o primeiro lugar.

Ela não é o Amazonas,
Nem o Paraná, nem a Bahia,
Nem do Norte as quentes zonas,
Nem do Sul a zona fria.

Não é Goiás, Mato Grosso,
São Paulo ou Minas Gerais:
É o nosso Brasil, colosso
Legado dos nossos pais.

E enquanto de Sul a Norte
União for o Brasil,
Será nação grande e forte
Respeitada, varonil.

Pois não tem entre os Estados
Nem segundos nem primeiros:
São eles férteis legados!
De todos nós, brasileiros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário