terça-feira, 2 de setembro de 2014

Conselho às mulheres



Você deve fugir do homem que diz...

Ì ... Eu sempre fui muito castrado.

Ì ... Eu só vou botar a cabecinha.

Ì ... Isso nunca me aconteceu antes.

Ì ... A sua comida é melhor do que a da minha mãe.

Ì ... Quero ter um filho chamado júnior.

Ì ... Essa bolsa, definitivamente, não combina com o meu sapato.

Ì ... Eu me sinto completamente impotente diante de sua beleza.

Ì ... Eu tô precisando muito de uma companhia para conversar sobre os meus problemas.

Ì ... Quando tiro alguma coisa do lugar, não consigo botar de volta.

Ì ... Eu sempre fui o maior desmancha-prazeres.

Ì ... Eu estou sempre atrás de alguma coisa que não sei o que é.

Ì ... Eu sempre quis te dar mole.

Ì ... Eu tenho uma alma feminina bem trabalhada.


Você deve se aproximar do homem que diz...



É ... Eu gostaria de colocar pra fora tudo o que está guardado aqui dentro.

É ... Eu sou bilíngue.

É ... Eu sou muito intrometido.

É ... Eu sempre quis ter dar uma dura.

É ... Eu tenho o maior tesão em tudo o que faço.

É ... Eu costumo entrar de cabeça nas coisas.

É ... Eu adoro comer.

É ... Eu sou muito cabeçudo...

(Do livro: “O grelho falante apresenta: Tapa de humor não dói”
A hora e a vez das mulheres gozarem)



Nenhum comentário:

Postar um comentário