quinta-feira, 13 de abril de 2017

36 fatos favoritos e falsos



01. Napoleão era baixinho. → Conversa fiada. Com 1,67 m, ele estava um pouco acima da média de altura dos franceses da época.

02. Não nade depois de comer. → Comer não aumenta o risco de cãibra; que faz isso é o álcool. Mas a barriga cheia vai lhe tirar o fôlego.

03. Água salgada ferve mais depressa. → Acrescentar um pouco de sal à água não faz diferença e pode até fazer a fervura demorar mais.

04. Óleo impede macarrão grudado. → Nada disso; só o deixa gorduroso. Mexer impede que ele grude.

05. Cérebro direito e esquerdo. → Não há divisão demarcada entre os talentos de cada hemisfério; o lado esquerdo pode aprender “habilidades do lado direito” e vice-versa.

06. Moedas que caem matam. → A velocidade terminal de uma moedinha é de 50 a 80 Km/h, insuficiente para matar – mas pode machucar.

07. Três reis magos. → Em nenhum lugar da Bíblia afirma-se que eram três.

08. Glutamato = dor de cabeça. → Não há provas científicas, apenas casos isolados envolvendo o glutamato de sódio.

09. Cães suam salivando. → Não. Eles regulam a temperatura ofegando. Na verdade, os cães suam pelas almofadas dos pés.

10. Grande Muralha da China. → Não é visível do espaço. Nenhuma estrutura humana isolada é visível da órbita, mas pode-se ver cidades à noite.

11. Rotação da água. → A descarga do vaso sanitário não gira ao contrário no hemisfério norte. O efeito de Coriolis não altera a água dos vasos sanitários.

12. Einstein péssimo em matemática. → Nada disso. Ele não passou nas provas para entrar numa escola, mas foi muito bem em matemática.

13. Humanos e dinossauros. → Apesar de 41% dos adultos dos EUA acharem que coexistimos, na verdade a diferença foi de 64 milhões de anos.

14. Buracos negros. → Não são “buracos” de verdade, mas objetos densíssimos, com imensa força gravitacional.

15. Só temos cinco sentidos. → Alguns cientistas insistem em 21, entre eles equilíbrio, dor e temperatura.

16. Pessoas desaparecidas. → A polícia não exige 24 horas de espera para aceitar a queixa de que alguém desapareceu.

17. As partes da língua. → Não há seções diferentes da língua para cada sabor: amargo, azedo, salgado, doce e umami (apetitoso/condimentado).

18. Só usamos 10% do cérebro. → A proporção do cérebro “funcionando” a cada momento depende da tarefa, mas em última análise todas as regiões são utilizadas quase todo dia.

19. Bananas dão em árvores. → Na verdade, elas dão em plantas grandes que só parecem árvores.

20. Leite aumenta o catarro. → Não, não aumenta. Não há por que evitar lacticínios durante resfriados.

21. Morcegos são cegos. → Além de enxergar, os morcegos usam ecolocalização. É por isso que são tão incríveis!

22. 7 anos para digerir chiclete. → A base elástica do chiclete é indigerível e passa direto pelo intestino. O que resta é absorvido.

23. Chifres de vikings. → O elmos foram criados por figurinistas do século 19 para uma ópera de Wagner.

24. Cachaça esquenta. → As bebidas alcoólicas só dilatam os vasos sanguíneos perto da pele: criam uma impressão de calor, mas podem baixar a temperatura interna do corpo.

25. Vacinas provocam autismo. → Temores infundados baseados numa pesquisa fraudulenta cuja manipulação já foi comprovada.

26. Não toque em filhotes de passarinhos. → A maioria das aves tem olfato limitado e não abandona filhotes com “cheiro” de gente.

27. Álcool mata neurônios. → Mesmo em alcoólatras e grandes bebedores, os neurônios não morem, apenas sofrem lesões.

28. Dama de ferro. → Nunca foram aparelhos de tortura medieval, e sim simulacros criados no século 18 e exibidos em circos.

29. Calor corporal e cabeça. → Só nos bebês a maior parte do calor se perde pela cabeça (a não ser que a cabeça seja a única parte desprotegida do corpo).

30. Acordar sonâmbulo. → Eles vão ficar confusos, mas só. É mais provável que se machuquem se não forem acordados.

31. Cafeína desidrata. → Não mesmo. O efeito diurético da cafeína é compensado pela água contida na bebida.

32. Raspar engrossa o cabelo. → O cabelo que renasce não é mais grosso, crespo nem escuro; mas parece, porque volta e cresce com a ponta cortada.

33. Peixinhos dourados e 3 segundos de memória. → Embora não seja a criatura mais inteligente, a memória do peixinho dourado dura três meses.

34. O vomitorium. → Não era uma sala usada pelos romanos durante as bacanais, mas a entrada de um estádio.

35. Açúcar = hiperatividade. → Estudos refutaram isso. Crianças que não consomem açúcar também podem ter mau comportamento.

36. Touros odeiam vermelho. → Touros não enxergam cores. Na verdade, eles percebem como ameaça os movimentos da capa do toureiro.


(Em Seleções do Reader´s Digest, março de 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário