quarta-feira, 30 de abril de 2014

Dia do Professor Politizado



“Sou professor a favor da decência contra o despudor,
a favor da liberdade contra o autoritarismo,
da autoridade contra a licenciosidade,
da democracia contra a ditadura de direita ou de esquerda.

Sou professor a favor da luta constante
contra qualquer forma de discriminação,
contra a dominação econômica dos indivíduos
ou das classes sociais.

Sou professor contra a ordem capitalista vigente
que inventou esta aberração: a miséria na fartura.

Sou professor a favor da esperança que me anima
apesar de tudo.

Sou professor contra o desengano que me consome e imobiliza.

Sou professor a favor da boniteza de minha própria prática,
boniteza que dela some se não cuido do saber que devo ensinar,
se não brigo por este saber,
se não luto pelas condições materiais necessárias
sem as quais meu corpo, descuidado,
corre o risco de se amofinar
e de já não ser testemunho que deve ser de lutador pertinaz,
que cansa, mas não desiste.”

Paulo Freire - Pedagogia da Autonomia



Nenhum comentário:

Postar um comentário