sábado, 26 de abril de 2014

Provérbios portugueses




Provérbio - uma sentença de caráter prático e popular, que expressa em forma sucinta, e não raramente figurativa, uma ideia ou pensamento, Há gente que está confundindo provérbio com citação.

"A açorda faz a velha gorda e a menina formosa. "
"A água de Janeiro vale dinheiro."
"A água é tão útil às plantas como o alimento aos animais."
"A água salobra, na terra seca, é doce."
"A ambição, assim como a cólera, é muito má conselheira."
"A ambição cerra o coração."
"A amenidade no semblante, anuncia a bondade do coração."
"A amizade não se adquire, senão pela amizade."
"A apressada pergunta, vagarosa resposta."
"A aversão é para o coração, o que a prevenção é para o espírito."
"A beleza não se põe na mesa, mas eu não como no chão."
"A boa fé é uma moeda, que quase não tem curso no comércio da vida."
"A boa ventura de uns, ajuda aos outros."
"À boca da barra, se perde o navio."
"A boca do ambicioso só se fecha com terra de sepultura."
"A boca não admite fiador."
"À boda do ferreiro, cada um com o seu dinheiro."
"À boda e a batizado, não vás sem ser convidado."
"A bom bocado, bom grito ou bom suspiro."
"A bom entendedor, meia palavra basta."
"A bom ou mau comer, três vezes beber."
"A cabeça não se fez só para usar chapéu."
"A cabeça não serve só para criar piolhos."
"A cada boca uma sopa."
"A carne é fraca mas o molho é muito bom."
"A jantar dado, não se olha o molho."
"A culpa morre solteira."
"A fome é a melhor amiga do cozinheiro."
"A fortuna ajuda os atrevidos, mas também, muita vez, os abandona."
"A galinha que canta como galo corta-se-lhe o gargalo."
"A grandes cautelas, cautelas maiores."
"A ignorância força-nos a fazer duas vezes o mesmo caminho."
"A magro não chego, e de gordo não passo."
"A maior virtude dos que falam é calar o que não devem dizer."
"A ninguém contenta, quem de nada está contente."
"A pena e a tinta, são as melhores testemunhas."
"Águas passadas já passaram"
"Antes não começar, que não acabar."
"Antes quero asno que me leve do que cavalo que me derrube."
"Antes só que, em casa, ouvindo a miúdo, a mulher a implicar com tudo."
"Ao rico mil amigos se deparam, ao pobre seus irmãos o desamparam."
"Aos olhos da inveja todo o sucesso é crime."
"As palavras voam, a escrita fica."
"Azeite de cima, mel do meio e vinho do fundo, não enganam o mundo."





Nenhum comentário:

Postar um comentário