domingo, 14 de agosto de 2016

O melhor pai


O bom não precisa ser tanto assim, pois, na simplicidade, 
é que está o melhor...




Na rua principal de certa cidadezinha do interior gaúcho, havia quatro residências suntuosas.

Os filhos, querendo homenagear os seus pais, colocaram faixas em frente a citadas residências:

A primeira casa exibia o seguinte letreiro:

“O melhor pai da cidade!”.

O da segunda se vangloriava:


“O melhor pai do Estado!”.

O da terceira casa chegava a ponto de alardear:


“O melhor pai do mundo!”.

Mas o letreiro da quarta casa dizia simplesmente


“O melhor pai desta rua”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário