segunda-feira, 16 de maio de 2016

Curiosidades da Segunda Guerra Mundial



A primeira bomba derrubada pelos Aliados em Berlim durante a Segunda Grande Guerra matou o único elefante do Jardim Zoológico de Berlim.

O nome original de Stalin era Josef Djugashvili. Em 1913 começou a usar o pseudônimo - Stalin que significa Homem de Aço.

Benito Mussolini, durante a Primeira Grande Guerra, era um editor de um jornal italiano financiado parcialmente pelos britânicos e pelos franceses. Nessa altura era um opositor aos poderes germânicos (ele também pertenceu ao exército italiano até ser ferido).

Heinrich Himmler, a mente diabólica das SS, foi um criador de galinhas.

Já deve ter ouvido falar dos bombardeiros kamikaze, mas já ouviu falar de navios de guerra suicidas? A 7 de Abril de 1945 na ilha de Okinawa, o navio de guerra japonês Yamato, que não tinha sido atestado com combustível para o regresso a casa, chegou com outros navios para atacar a frota americana. O Yamato, que foi um dos maiores navios de guerra jamais construídos, e os restantes navios que o acompanhavam foram afundados por aviões de guerra americanos antes de chegarem ao destino.

Adolf Hitler era abstêmio, vegetariano e um não fumante.

Apesar de muita gente referir-se ao desembarque na Normandia, no Dia D, como sendo a Operação Overlord, a operação foi, na realidade, chamada Operação Netuno. O desembarque foi originalmente conhecido como Overlord, mas, em Setembro de 1943, o nome de código foi alterado para Netuno, e, a partir desse momento, Overlord passou a ser usado para se referir a estratégia dos Aliados no Noroeste da Europa.

Apesar do que se vê nos filmes, o exército alemão (Wehrmacht) não usava a saudação Nazista. Só depois de Julho de 1944 com o atentado a Hitler é que foram obrigados a usar a tal saudação.

Virtualmente, toda a gente conhece o nome do bombardeiro B-29 que lançou a bomba atômica em Hiroshima - o Enola Gay - mas nem toda a gente sabe o que lançou a bomba atômica sobre Nagasaki três dias depois. Este B-29 era conhecido por Bock's Car, e Nagasaki não era o alvo original - o alvo pretendido era a cidade de Kokura, que escapou pelo fato de os pilotos do bombardeiro terem ordens para só atacar a cidade caso esta estivesse claramente visível. Como Kokura se encontrava sob um denso nevoeiro, Nagasaki foi a primeira alternativa para o lançamento da bomba atômica.

Depois de ter sofrido grandes perdas durante o assalto e a captura de Creta, Hitler nunca mais comprometeu as suas tropas aerotransportadas em operações de larga escala, usando-os em vez disso como infantaria.

No dia 17 de Janeiro de 1942, Churchill foi quase assassinado pelo inimigo e, igualmente, pela sua força aérea. Durante a viagem de regresso dos Estados Unidos, o hidroavião onde se encontrava desviou-se da rota pré-definida e aproximou-se das antiaéreas alemãs situadas em França e, após se ter dado conta do erro e ter sido corrigido, os operadores dos radares britânicos detectaram o avião onde se encontrava Churchill como sendo um bombardeiro alemão. Seis aviões da RAF estiveram praticamente a aniquilar o avião em causa, mas, felizmente, para Churchill, não foram capazes de encontrá-lo.

Para além dos métodos de transporte usados pela segunda Corporação polaca que lutavam na batalha do Monte Cassino existia também um urso castanho chamado Wojtek que ajudava a transportar as munições.

O tanque mais pesado de todos os tempos foi construído pelas alemãs Maus II, que pesava 192 toneladas. No final da guerra este tanque ainda não tinha alcançado o estado operacional. (fonte: Livro dos Recordes do Guiness)

JFK, ex-presidente dos USA quando fazia parte da tripulação de uma PT (no caso PT109) foi afundada pelos japoneses em 1943. JFK, bastante ferido, sobreviveu e salvou a maioria de sua tripulação. Os destroços do PT-109 foram localizados em maio de 2002, numa expedição da National Geographic. O último sobrevivente da PT-109, Gerald Zinger, morreu em 2003.

No final de 1944, um dos assistentes teve a coragem de contar a Hitler uma piada que corria entre a população de Berlim... Goering e Goebbels morreram e foram para o céu; lá chegando, São Pedro os esperava e chegou junto a Goering e disse: - O Senhor está vendo aquela nuvenzinha lá longe? Pois bem, agora o Senhor vai correr até ela e voltar dez vezes por todas as mentiras que contou lá na Terra... Aí se voltou para Goebbels e ele não estava mais lá, e então perguntou para o anjo ao lado: - Cadê o rapazinho manco que estava aqui agora há pouco? E o anjo respondeu: - Ele voltou a Terra, pois disse que tinha esquecido sua moto na garagem... Fala-se que Hitler riu muito da piada e o assistente foi para o front russo...

O saudoso ator cômico STAN LAUREL (O magro, da dupla o Gordo e o Magro) lutou na Segunda Guerra junto com a FEB. Ele operava uma engenhoca de fazer fumaça, que era usada para camuflar a passagem de tropas de um ponto para outro, confundindo os alemães.

O Ten. Carlos Alberto Martins Torres, integrante do 1º GAv na Itália, onde voou 99 missões, teve a honra de ser o único piloto brasileiro a afundar um submarino alemão, o U-199, ao largo da Baía da Guanabara, quando pilotava o Catalina da FAB "Arará" em 1943.

Era início de 1945 e as secretárias de Hitler comentavam sobre uma piada que se falava entre os soldados e, de repente, chega Hitler e pergunta do que estavam rindo; então, pálidas de medo, uma delas resolve contar a piada: - Os soldados dizem que o melhor local para se instalar o Quartel General Militar seria a central do metrô no centro de Berlim... daí Hitler pergunta o porquê, e a secretária responde: - Pois seria o melhor local de ligação entre o front Leste e Oeste... Hitler também riu muito dessa piada e a secretária sobreviveu à guerra para contar a história.

Adolf Hitler ficou radiante com a notícia do bem-sucedido ataque japonês a Pearl Harbour. Sua alegria se transformou em ataque histérico ao descobrir que nenhum de seus conselheiros militares sabia onde se situava este porto.

O navio mais sortudo da guerra: O destróier japonês Shigure participou das seguintes batalhas:

Mar de Coral (Maio, 1942) - Como escolta de porta-aviões, não sofreu nenhum arranhão na batalha. Guadalcanal (Outubro, 1942) - Participou do bombardeio da cabeça-de-praia aberta pelos marines. Não sofreu nenhum arranhão. Guadalcanal (Novembro, 1942) - Participou da batalha onde a marinha japonesa perdeu o encouraçado Kirishima. Não sofreu nenhum arranhão. Vella Lavella (Outubro, 1943) - Atacado por 6 destróieres americanos, foi atingido por um torpedo que não explodiu. Baía de Augusta (Novembro, 1943) - Participou de uma batalha contra 6 destróieres e 4 cruzadores americanos. Não sofreu nenhum arranhão. Mar das Filipinas (Junho, 1944) - Participou da batalha como escolta da força-tarefa B. Não sofreu nenhum arranhão. Estreito de Surigao (Outubro, 1944) - Único barco que não foi afundado na esquadra que fazia parte. Sofreu danos leves. Sua sorte terminou a 150 milhas norte de Singapura em Janeiro de 1944. Torpedeado pelo submarino americano Blackfiu, afundou com grande parte de sua tripulação.

Na batalha de El-Allamen - Romell utilizou um motor de avião para fazer a poeira subir e dar a impressão de o grosso de suas tropas se aproximava pelo litoral, quando na verdade, o grosso atacaria pelo interior. Os ingleses caíram feito patinhos.

Um oficial do exército alemão vê um caminhão cheio de crianças soviéticas sendo escoltado pela SS. Perguntou a eles o que fariam com tantas crianças, e recebeu a resposta de que seriam todas exterminadas. O oficial então indignado, disse que eles não poderiam fazer aquilo e sai para contactar os seus superiores... Quando ela retorna os facínoras das SS já tinham matado todas as crianças. Este oficial escreveu uma carta para sua esposa, dizendo: “Não podemos, nem nos deveriam, deixar de ganhar esta guerra”.

Saudação Nazista: Aquela saudação nazista de estender o braço e gritar “Heil Hitler” era usada apenas entre os membros do partido, o povo e Gestapo. As forças armadas não, mas o exército (para quem não sabe a SS não fazia parte do exército) foi obrigado a fazê-lo depois do atentado ao Hitler por um coronel do exército.

Sobre o famoso tanque T-34, e mais poderoso da segunda guerra... Era tão apertado que, em caso de incêndio, quase sempre morriam os tripulantes. Os soldados russos usavam as cápsulas deflagradas para fazerem ali suas necessidades fisiológicas sem precisar descer do mesmo.

As únicas baixas ocorridas no continente americano (USA) durante a Guerra foram 5 civis que acharam um dos famosos balões japoneses que havia caído. Estavam passeando pelo campo e um garoto detonou um dos explosivos.

Cachorro-bomba: Em Stalingrado, os russos desenvolveram uma arma peculiar: prendiam os cães por um ou dois dias, sem lhe dar comida e, quando os soltavam, colocavam comida embaixo de tanques ou carcaças de tanques. Pois bem, depois de adestrados, os animais eram carregados de explosivos e só eram soltos quando havia tanques alemães por perto. Não dava outra: o Totó ia direto para baixo dos tanques da wehrmacht e boom! A arma surtiu bons resultados no início, mas depois que deixou de ser surpresa não teve mais efeito. É que os alemães passaram a atirar em todos os cães que encontravam pela frente.

Hermman Goering garantiu a Hitler e ao povo alemão que não havia possibilidade dos ingleses bombardearem a Alemanha, e por isso prometeu que mudaria seu nome caso uma só bomba britânica caísse na Alemanha. Bom... Como todos sabem o final da história, ele não manteve sua promessa. Mas foi o comandante alemão que mais recebeu apelidos jocosos...

Em 1944, uma B-17 avariada invadiu o espaço aéreo suíço. Os suíços resolveram escoltá-la para fora de seu espaço aéreo e fornecendo uma rota que a levaria até uma região da França já liberada pelos Aliados. A escolta helvética era um par de Messerschmitts Bf-109E daquele país, comprados à Alemanha antes da II WW. Tudo ia bem, mas assim que estavam para sair do espaço aéreo suíço um P-51 americano os atacou, abatendo os dois caças suíços antes que ele pudessem dizer "- Oi!". Um dos pilotos morreu. Mais tarde os americanos apresentaram um pedido oficial de desculpas e uma indenização à família do piloto abatido, mas o piloto do P-51 ficou com dois Bf-109s em seu "score"...

Alô, é o Ivan! Quando os russos chegaram a Berlin, eles aprenderam a dizer a seguinte frase em Alemão: “Alô, o Ivan chegou”. Por pura gozação, eles entravam em algumas casas em que os telefones ainda funcionavam e ligavam aleatoriamente para outros fones em Berlim e anunciavam sua presença: “Alô, o Ivan chegou!”.

Dois paraquedistas britânicos estavam nas ruínas de Arnhem, durante a "Market-Garden", cercados pelas tropas alemãs. Estavam escondidos no andar inferior de uma casa protegendo-se de um intenso bombardeio de artilharia. Um deles volta-se para o seu camarada e diz: “- Estão jogando tudo em cima da gente, menos o fogão da cozinha.” Mal termina esta frase, há um estrondo, o piso superior cede, os "Red Devils" ficam cobertos de entulho e, quando a poeira abaixa, eles olham estarrecidos, pois diante de seus olhos está um fogão perfeitamente intacto sobressaindo-se entre os destroços. O soldado que havia dito a frase acima olha mais uma vez e diz: “- Eu sabia que os alemães estavam perto, mas não que estivessem escutando a nossa conversa”.

Durante a batalha da Inglaterra, um piloto de Hurricane estava em combate com um 109 alemão, e teve seu avião atingido, não conseguindo mais lutar. A alternativa do piloto inglês era um mergulho no gelado Canal da Mancha, o que fatidicamente significaria a morte. Mas o piloto alemão percebendo a dificuldade do hurricane emparelhou com este e, “escoltou" a sua aeronave até a costa da Inglaterra, permitindo ao piloto escapar com vida. Algum tempo depois, este mesmo 109 estava em apuros depois de um combate. Desta vez um grupo de Hurricanes retribuiu a gentileza, escoltando o 109 até a costa da França. No meio da loucura e carnificina da guerra, ainda foi possível manter alguns atos de cavalheirismo como este...

Quando a Batalha da Inglaterra já estava praticamente decidida a favor dos britânicos Goering perguntou irado a Adolf Galland: – O que e preciso para vencer esta batalha? Galland respondeu:
- Dê-nos spitfires!

Um dos filhos de Stalin, Yakov Dzugashvili, serviu no Exército Vermelho e foi capturado pelos alemães em 1941. Os alemães ofereceram trocá-lo por um general alemão, mas Stalin recusou a oferta alegando que quem se rende é um covarde. Yakov foi fuzilado durante uma tentativa de fuga do campo de Sachsenhausen em 1943.

Cruzada Brasileira na Itália: Um piloto do 1° Grupo de Caça, Danilo Moura, foi abatido a 600 Km de Pisa, base usada pelo grupo Brasileiro. Cansado de espera (após ejeção) e desacreditado em seu resgate, resolveu voltar por conta própria para Pisa. Vivendo uma verdadeira odisseia, a situação mais engraçada foi quando ele disse que, na Itália, ninguém bebia água, pois toda vez que ele pedia água a alguém, davam-lhe vinho. Depois de alguns vinhos, resolveu cortar o cabelo. Ao entrar na barbearia, percebeu que a mesma era do exército alemão e estava "lotada", imediatamente o efeito do vinho passou e ele tratou de sair de lá o mais discreto e rápido possível.

Um destróier alemão foi atingido pelo próprio torpedo, quando atacava comboio aliado com destino à Rússia. Ao largo da Noruega o mar estava tão frio que congelou os controles do torpedo e ele virou e atingiu o barco alemão.



Nenhum comentário:

Postar um comentário