sábado, 10 de setembro de 2016

As ocorrências mais clichês no mundo do cinema.


Com observações:


→ Toda luta que acontece no topo de prédio termina com alguém caindo.

Obs: Se for no começo do filme, é um pobre coitado quem cai, mas se estiver no finzinho, aí e o bandido que vai cair.

→ O motor do carro nunca funciona quando o(a) mocinho(a) tenta fugir do perigo.

Obs: O ano ou estado do carro não importa. Pode ser um carro zero KM que não vai pegar. Variante: as chaves caem no chão e são difíceis de pegar.

→ O pior time com os piores jogadores torna-se campeão por causa das táticas estranhas do novo técnico.

Obs: E quem faz o ponto decisivo é aquele sujeito que tinha um sério problema de saúde. 

→ A policia sempre chega logo depois do mocinho derrotar o bandido.

Obs: Mas ouvimos a sirene nos momentos finais do embate. E ninguém diz quem a chamou.

→ A mocinha sempre tropeça ou cai quando está fugindo de um monstro ou bandido.

Obs: E não importa o quanto corra, ele está sempre na frente, mesmo que esteja se arrastando. E ela corre sempre para o local mais implausível.

→Ninguém tranca o carro quando estaciona na rua.

Obs: E ninguém rouba o carro.

→ Sempre há lugar para estacionar onde o mocinho vai parar o seu carro

Obs: E nunca aparece uma multa no vidro se o local é proibido.

→ A frase mais falada em filmes americanos é: “Let´s get out of here”, ou seja, “Vamos dar o fora daqui.”

Obs: Geralmente quando já é tarde demais.

→ Todas as bombas têm dois fios, um vermelho e um azul, dos quais um precisa ser cortado.

Obs: E nunca se corta o fio errado. 

→Ninguém recebe troco em táxis ou restaurantes.

Obs: Nem se pergunta quanto foi a corrida.

→ Quando o mocinho vai morrer, sempre faz um discurso comovente antes de dizer adeus.

Obs: E nunca morre antes de completar o tal discurso.

→ Quando há um incêndio, o mocinho sempre volta para resgatar alguém.

Obs: criança, cachorro, criança com cachorro, mão com criança de colo, etc.

→ Nos filmes de suspense, um dos gêmeos é sempre do mal.

Obs: E consegue ser mais feio do que o outro, apesar de ser gêmeo dele.

→ Todo grande vilão tem sempre uma poltrona larga com descanso de braço atrás de uma mesa.

Obs: E todos fumam charutos e têm um capanga encostado por perto.

→ Todo mundo acorda pulando, suando ou arfando quando tem um pesadelo.

Obs: Ou seja, não há pesadelos suaves. São todos aterrorizantes. E a pessoa, apesar de saber ter sido um pesadelo, fica atordoada pelo resto do tempo.

→ Casais se beijando debaixo de chuva sempre estão perdidamente apaixonados.

Obs: Mesmo que tenham se conhecido há poucas horas.

→ Não importa o tamanho da tragédia, o cachorro sempre se salva.

Obs: Ou a criança, ou a mocinha indefesa.

→ Não existe gente feia na praia.

Obs: Sem comentários, mas concordando.

→ Num tiroteio de faroeste, ninguém acerta nos cavalos.

Obs: Todo atingido morre. Não há feridos em faroeste.

→ Sempre que é convidado para uma missão arriscada, o mocinho aposentado diz não, mas a acaba aceitando.

Obs: E vai trabalhar com aquele velho inimigo que detestava só até o final do filme.

→ Ator coadjuvante com cara de mau, mesmo sendo amigo do mocinho, descobre-se, no final do filme, que será um traidor.

Obs: Caso ele seja muito solícito, olho nele. Vai trair todo mundo.

→ Mesmo sendo cantado pela mulher mais gostosa e sensual, mocinho casado nunca trai a mulher.

Obs: Nunca bebe em serviço, não avança sinal e vive ligando para a esposa.

→ Mocinho que pede carona na estrada, sempre consegue.

Obs: E quem dá carona e outras coisas, é sempre mulher.

→ Mocinho entra numa casa fazendo barulho e consegue sempre surpreender o bandido.

Obs: Não importa a escuridão, ele vê tudo que quer.

→ Na polícia, no FBI, na CIA ou qualquer unidade das Forças Armadas, sempre há bandidos e traidores.

Obs: Basta ver "24 Horas", onde sempre há um espião infiltrado.

→ O mocinho, seja universitário, seja empresário, seja um intelectual, sempre derrota numa luta o bandido sarado e experiente.

Obs: E surpreendentemente, depois de apanhar bastante.

→ O mocinho se for baleado; será no ombro; de raspão; ou num lado da barriga, de raspão.

Obs: Ele coloca um pano qualquer e para o sangramento.

→ O mocinho pode estar em qualquer lugar, a moça bonita sempre puxará conversa com ele.

Obs: Na cena seguinte, eles já estarão na cama.

→ Numa cena qualquer, atores de cinema gritarão um na cara do outro.

Obs: Depois, ficarão amigos para sempre.

→ Pode chover, cair neve, ocorrer um tufão, o mocinho nunca ficará despenteado.

Obs: Ele sempre terá um topete muito bem tratado.

→ Se houver cena de sexo, será sempre papai-e-mamãe.

Obs: Sexo bizarro, nem pensar!





Nenhum comentário:

Postar um comentário