sexta-feira, 28 de março de 2014

Prece




Perdoai-me, Senhor,
por ter desperdiçado tantas horas de minha vida
em fútil tédio,
quando havia sol nos prados
e brisa no oceano...

Perdoai-me, Senhor,
por cada hora não vivida,
cada minuto consumido em marasmo,
cada segundo sem usufruir
as bênçãos da vida...

Perdoai-me, Senhor,
o que desperdicei
Em ódio, em inveja, em vício,
quando fizestes o homem para amar
e fruir as bem-aventuranças do Paraíso...

Perdoai-me, Senhor,
se voltei meus olhos para a lama, 
quando podia contemplar os astros...
Se me detive em pedras e cardos,
quando havia flores e crianças...

Perdoai-me, Senhor,
por não ter amado bastante vossas criaturas,
nem compreendido vossas palavras,
nem ouvido a música de vossos gestos.

Ai!, se eu pudesse recomeçar
e viver novamente cada momento perdido!



Renato Castelo Branco


Um comentário:

  1. Meu mto linda e verdadeiros o q relata a prece inteira.. Lembro desta prece qdo fiz a 5 serie com a professora Lurdinha de Umbuzeiro em mundo novo na

    ResponderExcluir