segunda-feira, 18 de abril de 2016

Como surgiu o símbolo da "Cobra Fumando"


Alguns críticos* diziam que seria mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil entrar na Guerra.

Pois o Brasil entrou na guerra e a Força Expedicionária Brasileira escolheu a “Cobra Fumando” como símbolo.

“A cobra está fumando!” O humor intraduzível desse epigrama, que vem do mais profundo da alma do povo e ganha foros de lema para o combate é um grito de guerra sem jactância, com a modéstia irônica dos nossos bravos rapazes camuflando o seu próprio denodo. Com o dito espirituoso eles disfarçam o sentido heróico dos feitos que as crônicas registram e as ordens do dia do comando superior consagram em repetidos louvores no símbolo de sua cobra, a cobra do desacato.

Força Expedicionária Brasileira (FEB)


Nome dado à força militar brasileira constituída em 9 de agosto de 1943 para lutar na Europa ao lado dos países Aliados, contra os países do Eixo, na Segunda Guerra Mundial. Integrada inicialmente por uma divisão de infantaria, a FEB acabou por abranger todas as tropas brasileiras envolvidas no conflito. Adotou como lema "A cobra está fumando", em resposta àqueles que consideravam ser mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil entrar na guerra.


25.334 homens...
239 dias de combate na Itália...
20.573 inimigos aprisionados...
465* mortos em combate...

*Há livros que dizem que foram 456.

E a cobra fumou...

*Obs.: Dizem que Hitler, ao ficar sabendo que o Brasil entraria na Segunda Guerra Mundial, teria dito a seguinte frase: “É mais fácil uma cobrar fumar do que o Brasil entrar nesta guerra.”

E, realmente, o Brasil entrou e a cobra fumou...


Nenhum comentário:

Postar um comentário